Pesquisar algo

Movimentos de massa

Movimentos de massa, deslizamentos, escorregamentos, são denominações de processos erosivos que acontecem em um intervalo de tempo extremamente curto.

Na grande maioria das vezes, eles ocorrem em função de altos índices pluviométricos em áreas de relevos bastante ondulados. Ou seja, quando existe a combinação muita chuva e terreno muito inclinado, estes processos tendem a acontecer, causado uma enorme destruição na paisagem.

Os solos em encostas inclinadas tendem a ser mais rasos e a se encharcarem com mais rapidez. Quando há uma grande precipitação de chuva, este solo tende a se saturar muito rapido, fazendo com que desta maneira, ele fique menos coeso. Assim, por gravidade, os solos tendem a deslizar. Outro caracteristica importante de relevos assim, é que a camada de solo e a rocha não possuem uma camada de transição (Horizonte C do solo) muito espessa; desta maneira os fluxos subsuperficiais de água no solo tendem a se concentrar nesta camada de transição, diminuindo portanto a coesão rocha-solo.

Como acontecem os deslizamentos
Fonte: http://www.estadao.com.br/noticias/cidades,numero-de-mortos-no-estado-do-rio-chega-a-510-ha-13-mil-fora-de-casa,666087,0.htm


 
Movimentos de massa ocorridos no litoral paranaense em 2011
Fonte: Mineropar 


Você pode visualizar aqui, uma animação sobre deslizamentos de encostas realizado pelo RIVED.

A dinâmica do relevo terrestre está relacionada tanto a fatores endógenos (internos) quanto a fatores exógenos (externos). Como parte dessa dinâmica, ocorrem os movimentos de massa, termo geológico usado para explicar o processo de desprendimento e transporte do solo e/ou fragmentos de rocha nas *vertentes.
Esse deslocamento de material (rocha + solo) é causado principalmente pela ação da gravidade, podendo ser acelerado pela ação de outros agentes como os terremotos, as erupções vulcânicas, as geleiras, as águas correntes e, pelo ser humano.

Dependendo da escala e da velocidade, os movimentos de massa podem variar de lentos a muito rápidos. Os movimentos lentos ocorrem na camada superficial do solo, alguns milímetros por ano, sendo imperceptíveis ao homem. No entanto, são registrados na paisagem pela inclinação de árvores, postes, fendas nas estradas e rachaduras em muros, por exemplo.
Os movimentos rápidos, denominados de deslizamentos e queda de blocos, são caracterizados pela direção e aumento da velocidade em que os materiais são transportados encosta abaixo.
Quando ocorrem em vertentes muito íngremes e estão associados à elevada pluviosidade e antropismo, os deslizamentos são também chamados de escorregamentos (envolvendo o transporte de pedaços de rocha + solo) ou corrida de massa (com fluxo intenso de lama: água + solo).

Embora esses movimentos sejam naturais e façam parte da transformação e formação do relevo, tornam-se um grande problema quando relacionados à ação antrópica, provocando prejuízos ao ambiente e ao meio social.


(É necessário ter o programa Flash Player)
Fonte: http://rived.mec.gov.br/

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.