Pesquisar algo

Macrorelevo continental e submarino

Dentro das áreas emersas do nosso planeta, podemos notar certas semelhanças nas suas formas. Todos os relevos continentais da Terra, possuem uma gênese (agente endógeno), e um modelado (agente exógeno) dependendo da sua localização. A figura abaixo mostra algumas das formas que podemos encontrar tanto em áreas continentais (emersas) quando submarinas (imersas).


Formas de relevo:
1- Foz6- Dorsal Meso-oceânica11- Montanha
2- Península (estreita)7- Fossa Marinha12- Depressão
3- Península8- Planície Abissal13- Vale
4- Ilha9- Plataforma Continental14- Planalto
5- Golfo10- Talude15- Planície
Fonte: http://ingridflsouto.blogspot.com/2011/03/relevo-terrestre-e-marinho.html


  • MACRORELEVO CONTINENTAL (EMERSO)
Com relação ao relevo continental, podemos destacar as formas abaixo:

Formas de relevo continental (emerso)
Fonte: http://geodireito.blogspot.com/p/e-j-f-s-e-1-geografia-1-evolucao-da.html

Uma Planície pode ser considerada uma área abaixo dos 100m de altitude e possuem um relevo bastante aplainado. Já um Planalto se encontra normalmente acima dos 300m tendo relevos tanto aplainados como moderadamente ondulados. Eles ainda podem estar divididos por escarpas, como no caso do Estado do Paraná que temos 3 planaltos geologicamente distintos, separados por duas escarpas. 

As Montanhas são áreas que se destacam na paisagem pelas suas elevadas altitudes, podendo ter conjunto das mesmas como as Serras ou Cordilheiras. Têm sua gênese por dobramentos, falhamentos ou por vulcanismo. 

Já as Depressões, são áreas aplainadas que sofreram prolongados processos erosivos, por isso se destacam por possuir áreas mais baixas do que os relevos circundantes. Estas também podem ter sua origem com falhamentos geológicos. Uma depressão pode ser Relativa, quando fica acima do nível do mar, ou Absoluta quando fica abaixo.


  • MACRORELEVO SUBMARINO (IMERSO)
As formas do relevo submarino podem ser consideradas todas as formas que se encontram encobertas por água, ou seja, imersa pelos mares e oceanos, conforme a figura abaixo: 

Formas de relevo submarino
Fonte: http://terradefronteira.blogspot.com/2011/04/dinamica-da-crosta-terrestre.html


Dentre as inúmeras formas de relevo, uma das mais importantes é a Plataforma Continental. Esta se caracteriza por estar em até de 0m até 200m de profundidade a partir do nível do mar. São áreas marinhas com grande incidência de luz solar, propiciando a maior diversidade da fauna marinha, da mesma forma que a atividade pesqueira se encontra nesta porção do relevo submarino.

Nesta região da plataforma, se encontram as Zonas Econômicas Exclusivas (ZEE´s), que se caracterizam por serem zonas delimitadas por uma linha situada a 200 milhas marítimas da costa, mas pode ter uma extensão maior, de acordo com a da plataforma continental. A ZEE separa as águas nacionais das águas internacionais.

Estas ZEE´s são de responsabilidade dos países que tem áreas costeiras e tem a responsabilidade de gestão dos recursos naturais que estas áreas dispõe. O principal é o Petróleo, que se encontra nas plataformas continentais que possuem sempre estruturas geológicas sedimentares.

Plataforma continental
Fonte: http://www.ambito-juridico.com.br/site/index.php?n_link=revista_artigos_leitura&artigo_id=6069

Outras formas de relevo submarino são os Taludes, que é um declive que marca a transição da Planície Abissal (ou Pelágica). Esta se encontra aproximadamente 5.000m de profundidade, tendo como características a ausência de luz, bem como uma enorme pressão em função da quantidade de água existente e o frio. A fauna consiste em peixes cegos, algas e polvos. Mesmo sendo uma planície, estas áreas podem ter relevos mais acidentados.

Ainda temos as Dorsais Oceânicas, que são os limites de placas tectônicas divergentes. Estas Dorsais formam uma cadeia montanhosa em baixo do coeano, como a Cordilheira Meso Atlântica, entre o Brasil e o continente Africano. Também temos as Fossas Submarinas, que são as zonas mais profundas da Terra, podendo chegar até 11.000m como a fossa das Marianas, localizada no Oceano Pacífico, a leste das Ilhas Marianas, na fronteira convergente entre as placas tectônicas do Pacífico e das Filipinas. Por fim, as Ilhas Vulcânicas que são topos de vulcões submarinos, relacionados aos Hot Spots.





Fonte do texto acima: http://professoralexeinowatzki.webnode.com.br/

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.